Azul assina acordo para comprar ativos da Avianca Brasil no valor de 93,4 milhões de euros

| Economia

A transportadora brasileira Azul, fundada por David Neeleman, anunciou hoje que assinou um acordo para a compra de ativos da Avianca Brasil, no valor de 105 milhões de dólares (93,4 milhões de euros).

Em comunicado, a Azul diz que se trata de uma proposta de compra não vinculativa de activos da Avianca Brasil, atualmente em processo de recuperação judicial, e que inclui o certificado de operador aéreo no país, 70 pares de `slots` (direitos de descolagem/aterragem exigidos em alguns aeroportos) e aproximadamente 30 aeronaves Airbus.

O processo de aquisição dos ativos está dependente ainda de algumas condições, nomeadamente a aprovação de órgãos reguladores e credores, assim como a conclusão do processo de recuperação judicial.

"A expectativa é que esse processo dure até três meses", refere a Azul, acrescentando que manterá os seus acionistas informados sobre a transação.

David Neeleman faz parte do consórcio Atlantic Gateway, que detém 45% do capital da transportadora aérea portuguesa TAP.

Tópicos:

Avianca,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.