BE rejeita estratégia de insulto e PCP quer mais do OE

por RTP

Catarina Martins diz que não entra na politica do insulto e prefere ignorar as acusações do governo de estar a colocar entraves à viabilização do Orçamento do Estado

A dois dias de nova ronda negocial, também o PCP lembra que o documento ainda é insuficiente para responder aos problemas do país.
pub