Bloco de Esquerda diz que OE2021 "pertence a um outro tempo"

por RTP

Antes da votação final global do OE2021, e ao reconfirmar o sentido de voto do Bloco de Esquerda, Catarina Martins defendeu que a proposta de Orçamento do Governo "pertence a um outro tempo".

"Um tempo em que não existia segunda vaga pandémica, um tempo em que era possível acreditar que ajudas mínimas aguentariam o emprego, que atuar nas margens chegaria para que a pobreza não explodisse, que a dedicação incansável dos profissionais do SNS bastaria para ultrapassar todas as fragilidades".

A líder bloquista relembrou que, nove meses depois do início da pandemia, o desemprego acelerou, os casos de infeção por Covid-19 e de internamentos em cuidados intensivos aumentaram e "a política das margens e dos mínimos" deixou de ser suficiente.
pub