Bruxelas não abre este ano procedimentos por défice excessivo

por Antena 1

Foto: Reuters

A Comissão Europeia não vai abrir este ano procedimentos por défice excessivo aos países da União que ultrapassarem os limites de três por cento para o défice orçamental.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrosvskis, diz que estes são tempos excecionais, mas que depois de ultrapassados os países têm que regressar às regras do défice.

Recorde-se que para Portugal a Comissão prevê um défice de 6,5 por cento para este ano.

Mais pormenores com a correspondente da Antena 1 em Bruxelas, Andrea Neves.
pub