Câmara do Sabugal defende "estratégia nacional clara" para o setor das energias renováveis

por Lusa

O presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, considerou hoje que deve existir "uma estratégia nacional clara" em matéria de energias renováveis, com destaque para a instalação de centrais de biomassa nos territórios do interior.

"É um apelo que eu faço [ao Governo], para haver uma estratégia nacional clara, relativamente a estas matérias", disse hoje o autarca do Sabugal à agência Lusa.

O responsável falava à margem da sessão de inauguração da 4.ª edição da ENERTECH - Feira das Tecnologias para a Energia, que decorre até domingo naquela cidade do distrito da Guarda, localizada próximo da fronteira com Espanha.

António Robalo lembra que "há cerca de quatro/cinco anos o foco era na biomassa florestal, agora o foco é no solar".

"É necessário que nos entendamos e que, efetivamente, saibamos também qual é o nosso foco, a nossa aposta", afirmou.

O presidente da autarquia do Sabugal disse à Lusa que vê "sempre a questão da biomassa florestal (...) como uma atividade complementar, até porque ela ajuda na proteção da natureza e na prevenção dos fogos florestais" e, em territórios como o do Sabugal, "desprezar uma fonte como a biomassa florestal não é correto".

"Eu recordo que há cerca de três ou quatro anos tínhamos [a nível nacional] todas as baterias apontadas para as tais vinte centrais de biomassa, que iam aparecer no país e, agora, já ninguém fala nas vinte centrais de biomassa", rematou.

Na opinião de António Robalo, o assunto deve voltar a ser colocado "em cima da mesa", defendendo "a lógica das centrais de biomassa sociais" que contribuam para a prevenção dos incêndios florestais.

Nos territórios do interior "era interessante que aparecessem" centrais de biomassa com retorno social, que envolvessem os municípios, entre outras entidades, concluiu o autarca.

A cidade do Sabugal acolhe, até domingo, a 4.ª edição da ENERTECH, que é promovida para "dar a conhecer o que de melhor se produz na área das energias".

Segundo o autarca, o concelho tem potencial energético, referindo que existem alguns projetos já desenvolvidos na área da energia solar, eólica e geotérmica.

A ENERTECH é uma feira marcadamente tecnológica, direcionada para o setor das energias renováveis, tecnologias e eficiência energética, que decorre no Pavilhão Multiusos ExpoSabugal, no âmbito da estratégia "Sabugal, fonte de energia natural", que reúne cerca de 100 expositores.

É organizada pelo município do Sabugal, em parceria com a ADES - Associação Empresarial do Sabugal, a ENERAREA - Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior, os Institutos Politécnicos da Guarda e de Castelo Branco e a Universidade da Beira Interior (Covilhã).

O programa da ENERTECH 2019 inclui uma conferência sobre "Energias do Futuro", sessões de demonstração de equipamentos e de maquinarias, ateliês de energia dirigidos aos mais novos, exposições temáticas, exposição e venda de produtos locais (desde o artesanato à gastronomia) e momentos musicais, entre outras atividades.

A feira tem como público-alvo consumidores finais, profissionais do setor, produtores energéticos, microprodutores de energia, instituições públicas, associações empresariais, empresários e gestores.

Tópicos