China suspende taxa antidumping sobre o sorgo dos Estados Unidos

| Economia

|

A China suspendeu hoje uma taxa antidumping contra as importações de sorgo dos Estados Unidos, enquanto decorrem conversações de alto nível entre os dois países em Washington, visando evitar uma guerra comercial.

Em comunicado, o Ministério do Comércio chinês anunciou a suspensão da medida, por temer o aumento nos custos de criação de gado, especialmente porcos. O sorgo é utilizado na alimentação dos animais.

Pequim anunciou em meados de abril um imposto preliminar de até 178,6% sobre as importações de sorgo dos EUA, face a suspeitas de prática de dumping - venda abaixo do custo de produção - e subsídios à indústria norte-americana.

A China é o maior importador de sorgo norte-americano. No ano passado, comprou 4,8 milhões de toneladas, ou mil milhões de dólares, daquele produto aos EUA.

O anúncio de Pequim ocorre quando uma delegação chinesa, liderada pelo vice-primeiro-ministro, Liu He, está em Washington a negociar um acordo para evitar uma guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, exigiu a Pequim uma redução do défice dos EUA em "pelo menos" 200.000 milhões de dólares, até 2020, visando cumprir com uma das suas principais promessas eleitorais.

Trump quer ainda taxas alfandegárias chinesas equivalentes às praticadas pelos EUA e que Pequim ponha fim a subsídios estatais para certos setores industriais estratégicos. Caso estas exigências não sejam satisfeitas, o chefe da Casa Branca ameaçou subir os impostos sobre um total de 150.000 milhões de dólares de exportações chinesas para os EUA.

Pelas contas de Washington, no ano passado, a China registou um excedente de 375,2 mil milhões de dólares - quase o dobro do Produto Interno Bruto (PIB) português - no comércio com os EUA.

O Ministério do Comércio chinês afirma ter ouvido as preocupações dos compradores de sorgo dos EUA, e como as novas taxas aumentariam o custo da alimentação animal.

As medidas antidumping chinesas "não são do interesse público", reconheceu o Ministério.

A taxa preliminar que vigou desde meados de abril, quando foi aberto o inquérito antidumping, será reembolsada, lê-se na mesma nota.

As taxas alfandegárias impostas por Pequim sobre o sorgo visavam particularmente os estados republicanos que formam a base eleitoral de Trump.

O Kansas, onde a maioria da população votou em Trump, é de longe o estado maior produtor de sorgo do país, seguido pelo Texas e Colorado.

Tópicos:

Interno Bruto PIB, Texas, Trump,

A informação mais vista

+ Em Foco

Francisco Veloso, reitor da Imperial College Business School, traça os cenários possíveis após a rejeição do acordo.

O presidente da Câmara dos Comuns é, digamos assim, o equivalente ao presidente da Assembleia da República em Portugal.

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.