CMVM pronunciou-se em 12 contraordenações e aplicou coimas de 320 mil euros até março

| Economia

|

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) anunciou hoje ter deliberado no primeiro trimestre em 12 processos de contraordenação dos quais resultaram coimas de 320 mil euros e quatro admoestações.

Em comunicado, o regulador do mercado adianta que quatro destes processos de contraordenação foram instaurados por violação dos deveres de informação ao mercado, dois por violação dos deveres de intermediação financeira, três devido à atividade dos organismos de investimento coletivo e outros três na sequência da atuação dos auditores.

"As decisões tomadas entre janeiro e março respeitam a seis processos de contraordenação muito graves e seis processos de contraordenação graves, tendo sido aplicadas coimas no total de 320 mil euros e quatro admoestações", refere.

Segundo a CMVM, de janeiro a março foram instaurados nove processos de contraordenação, dois por violação dos deveres de intermediação financeira, três relativos à atividade dos organismos de investimento coletivo, dois relativos à atuação dos auditores, um por violação dos deveres de informação ao mercado e um relativo à violação dos deveres de negociação em mercado.

No final do primeiro trimestre encontravam-se pendentes de decisão nos tribunais sete processos e em curso na CMVM 104 processos de contraordenação.

Destes, 33 respeitam a violações de deveres de intermediação financeira, 26 à atividade dos organismos de investimento coletivo, 16 a violações de deveres de informação, 17 a violação de deveres de negociação em mercado, 11 são referentes à atuação dos auditores e um é relativo à atuação dos peritos avaliadores de imóveis.

 

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.