Combustíveis. Marcelo defende alargamento de serviços mínimos a todo o país

por RTP

O Presidente da República defende que o que “está em causa é o interesse coletivo e estratégico do país” e que “interessa assegurar que os serviços mínimos estejam garantidos”. É a reação do Chefe de Estado à greve dos motoristas de matérias perigosas que apela, novamente, ao diálogo entre as partes envolvidas.