Comércio externo da China cresce 7,9% entre janeiro e junho

| Economia

O comércio externo da China registou um crescimento homólogo de 7,9%, nos primeiros seis meses do ano, e fixou-se em 14,12 biliões de yuan (1,8 biliões de euros), segundo dados oficiais hoje divulgados.

Entre janeiro e junho, as exportações chinesas aumentaram 4,9%, enquanto as importações cresceram 11,5%, em relação ao mesmo período do ano passado. No total, a China comprou 6,6 biliões de yuan (850 mil milhões de euros) ao resto do mundo.

O porta-voz da Administração-Geral das Alfândegas da China, Huang Songping, explicou o rápido e constante crescimento do comércio externo com a recuperação económica global e uma economia doméstica estável.

Nos primeiros seis meses do ano, o excedente da China fixou-se em 901,3 mil milhões de yuan (115,9 mil milhões de euros), uma queda de 26,7%, relativamente ao mesmo período de 2017, indicou o organismo.

Na primeira metade do ano, o comércio da China com a União Europeia cresceu 5,3%. Com os Estados Unidos, o comércio chinês subiu 5,2%, numa altura de crescentes fricções comerciais entre os dois países.

 

A informação mais vista

+ Em Foco

Entre 1999 e 2002 nasceram três novos bairros. Passadas duas décadas, muitos residentes dizem-se abandonados.

Entrevista da correspondente da RTP em França, Rosário Salgueiro.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.