Concursos de obras públicas duplicam até março, mas contratos celebrados recuam

| Economia

Os concursos de obras públicas lançados no primeiro trimestre de 2019 duplicaram face ao mesmo período de 2018, para 1.026 milhões de euros, mas os contratos celebrados caíram 13% para 368 milhões de euros, informou hoje a AICCOPN.

"O mercado das obras públicas continua a registar crescimentos expressivos no lançamento de concursos, mas encerrou o primeiro trimestre do ano com queda nos volumes de contratos celebrados", lê-se na edição de abril do Barómetro das Obras Públicas da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

Segundo refere, cerca de um terço (335 milhões de euros) dos 1.026 milhões de euros de concursos de empreitadas públicas promovidos até março dizem respeito ao lançamento dos concursos relativos às expansão e acessibilidades do porto de Leixões, ao prolongamento das linhas amarela e verde do Metro de Lisboa, às obras de renovação da Linha do Norte e ao Metrobus do Mondego.

Os contratos de empreitadas de obras públicas celebrados nos primeiros três meses do ano situaram-se nos 368 milhões de euros, menos 13% do que no primeiro trimestre de 2018, com os concursos públicos a recuarem 5%, para 268 milhões de euros, e os ajustes diretos e consultas prévias a diminuírem 52%, para 59 milhões de euros.

 

Tópicos:

Metrobus,

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.