Crise energética chegou ao fim

| Economia
Crise energética chegou ao fim

A ver: Crise energética chegou ao fim

António Costa afirmou no final da reunião na ENSE que o Conselho de Ministros eletrónico estará reunido ainda esta manhã onde será proposto o fim da declaração de crise energética para as 24 horas de hoje.

"A avaliação que é feita neste momento diz-nos o seguinte", disse o primeiro-ministro.

"Levaremos dois a três dias a ter uma normalidade plena no abastecimento. Contudo, tendo começado hoje perfeitamente normal o dia de trabalho, estamos em condições de reunir o Conselho de Ministros eletrónico às nove da manhã para propor três coisas: o fim da declaração a crise energética para as 24 horas de hoje; segundo, terminar a partir das 10h00 com a rede REPA exclusiva, o que significa que todos os postos REPA poderão começar já a vender combustível aos consumidores em geral; em terceiro elevar para 25 o limite dos litros que podem ser vendidos na rede REPA ao longo de todo o dia de hoje."

António Costa visita esta segunda-feira de manhã a ENSE - Entidade Nacional para o Setor Energético, de onde vai avaliar as condições para declarar o fim da crise energética e convocar um Conselho de Ministros eletrónico para o efeito.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.