Défice das contas do Estado em 5,8% no primeiro semestre

por RTP

O défice das contas do Estado ficou em 5,8 por cento, na primeira metade do ano. A estimativa é dos técnicos que dão apoio aos deputados nas questões orçamentais.

O valor representa um agravamento de 4,8 pontos percentuais face ao primeiro semestre do ano passado.

É uma consequência do efeito da crise pandémica nas contas públicas.

Apesar disso o défice está abaixo dos sete por cento previstos pelo Governo para o conjunto do ano.

A Unidade Técnica de Apoio Orçamental revela ainda que o impacto das medidas implementadas por causa da pandemia é de 2.386 milhões de euros, até julho.

O maior efeito está no lado da despesa.
pub