Défice subiu para 7.060 milhões de euros no primeiro semestre

por RTP

O défice das contas públicas voltou a agravar-se. Na primeira metade do ano, o Estado registou um saldo negativo de 7.060 milhões de euros.

É um aumento de 150 milhões face a igual período do ano passado. O Ministério das Finanças atribui este agravamento à terceira vaga da pandemia.

Afirma ainda que a despesa com medidas extraordinárias de apoio a famílias e empresas até junho ultrapassou todo o ano de 2020.

Apesar disso, há uma recuperação de quase quatro por cento da receita de impostos e contribuições. Uma subida que o Governo atribui à trajetória de retoma da atividade económica.
pub