Desconvocada greve na Transtejo/Soflusa após compromisso de negociar em "pé de igualdade"

| Economia

A greve dos trabalhadores da Transtejo/Soflusa, agendada para a partir de terça-feira, foi hoje suspensa, na sequência da subscrição de um protocolo negocial entre a administração da empresa e os sindicatos.

"Vamos iniciar negociações, com todos os trabalhadores em pé de igualdade", avançou à Lusa Alexandre Delgado, do Sindicato da Mestrança e Marinhagem da Marinha Mercante, Energia e Fogueiros de Terra (SITEMAQ), estrutura sindical que tinha apresentado o pré-aviso de uma greve parcial, de duas horas por turno, entre terça-feira e quinta-feira.

No âmbito das negociações, a próxima reunião entre a administração da empresa e os sindicatos de trabalhadores da Transtejo/Soflusa vai realizar-se em 28 de junho, indicou Alexandre Delgado, referindo que, até chegarem a acordo sobre a revisão salarial de todos os trabalhadores, está suspenso o prémio de 60 euros atribuído aos mestres dos navios.

Presente na reunião, o coordenador da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), José Manuel Oliveira, disse que foi subscrito um protocolo negocial que vai servir de base para as negociações, no sentido de encontrar uma solução equilibrada para todos os trabalhadores da empresa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.