Exportadoras melhoram para 6,4% a 2ª previsão de crescimento para este ano (INE)

| Economia

As exportadoras portuguesas melhoraram as perspetivas de crescimento para este ano, estimando um aumento nominal de 6,4%, 0,7 pontos percentuais acima das previsões de novembro do ano passado, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Esta revisão das estimativas dos empresários inquiridos pelo INE, numa amostra de empresas exportadoras, resulta de uma atualização em alta (mais 1 ponto percentual para um crescimento de 7,3%) das expectativas de exportação entre os Estados-membros da União Europeia (UE), as chamadas exportações intra-UE, e de uma revisão em baixa (menos 0,2 pontos percentuais para um aumento de 3,7%) das exportações de mercadorias dos 28 países da UE com o resto do mundo (exportações extra-UE).

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as perspetivas das empresas exportadoras de bens apontam para crescimentos superiores: mais 7,1% no total do comércio internacional, mais 4,9% no comércio extra-UE e mais 7,8% no Comércio intra-UE.

Por grandes categorias económicas, o INE destaca as perspetivas de aumento das exportações de material de transporte e acessórios, tanto para países extra-UE como para países intra-UE (mais 31,7% e mais 22,6%, respetivamente).

 

A informação mais vista

+ Em Foco

A Marinha tailandesa divulgou um vídeo sobre a operação de salvamento. Veja aqui todos esses momentos.

O neutrino, partícula cósmica, foi encontrado por sensores no fundo do gelo antártico pelo detetor IceCube.

A história de Ötzi começou quando um grupo de caminhantes na região alpina italiana de Oetztal tropeçou num cadáver.

Veja aqui imagens exclusivas em 360º da missão portuguesa.