Facebook suspende 200 apps

| Economia

|

A suspensão decorre da investigação prometida por Mark Zuckerberg na sequência do escândalo da Cambridge Analytica. O fundador do Facebook garantiu que iria analisar todas as apps que tiveram acesso a grandes quantidades de dados, antes das alterações que o Facebook efetuou em 2014. As apps estão suspensas até que a investigação seja concluída.

A investigação passa por duas fases. A primeira visa identificar quais as empresas que tiveram acesso a grandes quantidades de informação ou cuja ação possa levantar suspeitas. A fase dois visa apurar se houve de facto uso indevido de informação, recorrendo se necessário a entrevistas ou pedidos formais de informação.

Se houver provas do uso indevido, a app será banida em definitivo e os utilizadores visados serão alertados pelo Facebook, como já aconteceu com a Cambridge Analytica.

Tópicos:

Cambridge analytica, apps, Facebook,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.