Fed multa BNP Paribas em 214 ME por práticas inadequadas no mercado cambial

| Economia

A Reserva Federal (Fed) multou o BNP Paribas e algumas sucursais do banco francês nos Estados Unidos em 246 milhões de dólares (214 milhões de euros), por "práticas inseguras e inadequadas" nos mercados cambiais.

Em comunicado hoje emitido, a Fed indica que decidiu esta multa "depois de ter encontrado deficiências do BNP Paribas na supervisão e nos controlos internos sobre os `traders` [corretores] que compram e vendem dólares norte-americanos e divisas estrangeiras para as contas da empresa e dos clientes".

"A empresa não conseguiu detetar nem resolver o facto de os seus corretores usarem janelas de conversação eletrónicas para comunicarem com os concorrentes sobre suas posições comerciais", explica a Fed.

A instituição liderada por Janet Yellen acrescenta que pediu ao BNP Paribas para "melhorar a supervisão e os controlos de gestão relacionados com as negociações cambiais" da empresa.

Em janeiro, a Fed já tinha proibido o antigo corretor do BNP Paribas Jason Katz de participar na indústria bancária por ter manipulado os preços dos mercados cambiais.

Na altura, também proibiu o banco de readmitir antigos trabalhadores que tenham sido envolvidos em situações semelhantes.

Tópicos:

BNP Paribas,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.