Frasquilho sobre polémica na TAP: não devia ter acontecido

| Economia
Frasquilho sobre polémica na TAP: não devia ter acontecido

A ver: Frasquilho sobre polémica na TAP: não devia ter acontecido

Foto: Rafael Marchante, Reuters

O presidente não executivo da TAP afirmou que a polémica dos prémios não devia ter acontecido. Miguel Frasquilho diz que a relação entre a comissão executiva e a administração vai ser mais próxima.

Pela voz do presidente da TAP, representante do estado na empresa, o comentário final aos prémios distribuídos em ano de prejuízos.

A TAP teve 118 milhões de euros de prejuízo em 2018, mas ainda assim a comissão executiva deliberou atribuir mais de um milhão de euros em prémios distribuídos por 180 trabalhadores - uma situação que gerou mal estar entre os acionistas privados e os representantes do Estado.

É algo que não deverá voltar a acontecer, diz o presidente não executivo da companhia.

A TAP pode voltar aos lucros já este ano, segundo acrescentou Miguel Frasquilho em declarações à Rádio Renascença.

A companhia teve resultados positivos em 2017 e o presidente não executivo da empresa espera que 2018 tenha sido uma exceção.

A informação mais vista

+ Em Foco

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    O programa Artemis, da NASA, tem como objetivo regressar ao satélite natural da Terra e, simultaneamente, preparar a viagem a Marte.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.