Governo escolhe Francisco de Lima para novo presidente do INE

| Economia

O novo presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE) escolhido pelo Governo é Francisco Miguel Garcia Gonçalves de Lima, que irá substituir Alda Carvalho, disse fonte da Presidência do Conselho de Ministros à Lusa.

O mandato do atual Conselho Diretivo do INE terminou a 31 de dezembro e Alda Carvalho, que presidia o INE há 12 anos, saiu para a reforma em dezembro, à beira de completar 70 anos, o limite de idade para exercer funções públicas.

Segundo a Presidência do Conselho de Ministros, o Governo enviou já, para parecer da Comissão de Recrutamento e Selecção da Administração Pública (CRESAP), a composição do Conselho Diretivo do INE para o próximo quinquénio: Francisco Miguel Garcia Gonçalves de Lima (para presidente), Carlos Manuel Matias Coimbra (que já é atualmente vogal) e Maria João Gaspar Tavares Zilhão (para vogal).

O novo Conselho Diretivo iniciará funções quando for obtido o parecer da CRESAP "e quando estiverem concluídas as demais formalidades legais necessárias", adianta a mesma fonte.

Depois da saída de Alda Carvalho, a gestão do instituto será assegurada pelo restante Conselho Diretivo até à nomeação dos novos responsáveis, segundo disse fonte do INE na terça-feira à Lusa.

Tópicos:

Diretivo, Garcia Gonçalves, INE, Matias, Recrutamento,

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.