Governo escolhe Francisco de Lima para novo presidente do INE

| Economia

O novo presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE) escolhido pelo Governo é Francisco Miguel Garcia Gonçalves de Lima, que irá substituir Alda Carvalho, disse fonte da Presidência do Conselho de Ministros à Lusa.

O mandato do atual Conselho Diretivo do INE terminou a 31 de dezembro e Alda Carvalho, que presidia o INE há 12 anos, saiu para a reforma em dezembro, à beira de completar 70 anos, o limite de idade para exercer funções públicas.

Segundo a Presidência do Conselho de Ministros, o Governo enviou já, para parecer da Comissão de Recrutamento e Selecção da Administração Pública (CRESAP), a composição do Conselho Diretivo do INE para o próximo quinquénio: Francisco Miguel Garcia Gonçalves de Lima (para presidente), Carlos Manuel Matias Coimbra (que já é atualmente vogal) e Maria João Gaspar Tavares Zilhão (para vogal).

O novo Conselho Diretivo iniciará funções quando for obtido o parecer da CRESAP "e quando estiverem concluídas as demais formalidades legais necessárias", adianta a mesma fonte.

Depois da saída de Alda Carvalho, a gestão do instituto será assegurada pelo restante Conselho Diretivo até à nomeação dos novos responsáveis, segundo disse fonte do INE na terça-feira à Lusa.

Tópicos:

Diretivo, Garcia Gonçalves, INE, Matias, Recrutamento,

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.