Horta Osório deixa comandos do Banco Lloyds em 2021

por Antena 1

Foto: Reuters

António Horta Osório, presidente executivo da instituição Banco Lloyds decidiu abandonar o cargo dentro de um ano.

O gestor português vai deixar o grupo britânico em junho de 2021, uma década depois de ter assumido funções como CEO do Lloyds.

Em comunicado, António Horta Osório diz que toma esta decisão com um misto de emoções, pelo privilégio do trabalho desenvolvido.

Garante ainda que vai continuar a implementar o plano estratégico, até à data de saída.

Horta Osório é o único português na lista dos 50 maiores líderes do mundo para a revista Fortune em 2019.

Na leitura da comentadora de Economia da Antena 1, Helena Garrido, o português tem tido um percurso de grande sucesso. E até seria uma boa opção para o Banco de Portugal, ou noutras funções.
pub