Jerónimo reafirma que PCP só decide sobre orçamento depois de o discutir

| Economia

O líder do PCP reafirmou hoje que os comunistas vão discutir o próximo Orçamento do Estado sem ter tomado uma decisão sobre o documento, sustentando que o partido "não abdica de nenhum combate sem o ter travado".

"O PCP não abdica de nenhum combate sem o ter travado", vincou o secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, no discurso de encerramento da 9.ª Assembleia da Organização Regional de Beja do partido, no Centro Cultural da vila alentejana de Cuba.

A decisão do PCP sobre o Orçamento do Estado para 2019, acentuou, será tomada após "o exame concreto" ao documento e "verificação se ele corresponde aos interesses dos trabalhadores" e se avança "na reposição e conquista de direitos".

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Marco Aurélio de Mello considera que a prisão de Lula da Silva, após condenação em segunda instância, viola a Constituição brasileira.

      Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

        Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.