Lucros da EDP caem 74% até setembro para 297 ME

| Economia

A EDP registou um lucro de 297 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2018, um resultado inferior em 74% ao obtido em 2017, "fortemente penalizados" pela decisão do Governo sobre a alegada sobrecompensação dos CMEC.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM), a elétrica liderada por António Mexia explicou que constituiu uma provisão de 285 milhões de euros para fazer face a esta questão e que "o impacto desta provisão não recorrente no resultado líquido da EDP ascende a 195 milhões de euros, traduzindo-se num resultado líquido do grupo EDP de 297 milhões de euros" nos primeiros nove meses de 2018.

O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) no mesmo período ascendeu a 2.410 milhões de euros, uma redução de 26% face ao período homólogo.

Tópicos:

EDP, Redação,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à Antena 1, o presidente do PS elogia a chamada "geringonça", mas coloca reservas quanto à hipótese de ter BE e PCP num futuro executivo socialista.

    As famílias já pediram o repatriamento, mas o MNE diz que ainda não tem uma solução.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.