Manutenção ferroviária: cinco empresas suspeitas de viciarem concursos

| Economia
Manutenção ferroviária: cinco empresas suspeitas de viciarem concursos

A ver: Manutenção ferroviária: cinco empresas suspeitas de viciarem concursos

As empresas acusadas pertencem aos grupos Mota-Engil, Comsa, Somague, Teixeira Duarte e Vossloh. São também visados nesta acusação administradores e diretores de empresas.

A Autoridade da Concorrência acusou cinco empresas de manutenção ferroviária da prática de cartel em concursos das Infraestruturas de Portugal.

De acordo com a investigação do regulador da concorrência, estas empresas manipularam as propostas apresentadas a concurso e fizeram acordos nomeadamente para a fixação dos preços.

Em causa estão concursos para manutenção de equipamentos da rede ferroviária, como cancelas, agulhas ou semáforos durante o período de 2015 a 2017.

A informação mais vista

+ Em Foco

O vice-presidente do Brasil assegura que a democracia brasileira nunca esteve tão forte como agora. Entrevista exclusiva à RTP.

Em entrevista exclusiva aos enviados especiais da RTP, o cardeal Baltazar Porras declara apoio ao autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.