Militares garantem abastecimento do aeroporto de Faro

| Economia
Militares garantem abastecimento do aeroporto de Faro

A ver: Militares garantem abastecimento do aeroporto de Faro

Por causa do boicote aos serviços mínimos, o abastecimento ao aeroporto de Faro teve de ser garantido por militares, esta terça-feira. O Algarve é das regiões onde mais se sentem os efeitos da greve e, por isso, foi reforçado o transporte de combustível durante a noite.

Camiões que saíram de Sines para as estações da rede Estratégica de Abastecimento e a marina de Vilamoura que já estavam com o stock comprometido.

Na estação ferroviária de Loulé os motoristas fizeram boicote aos serviços mínimos e tiveram de ser os militares da GNR a agarrar o volante dos cinco camiões escalados para garantir abastecimento de combustível ao aeroporto de Faro.

Assegura-se, assim, que a estrutura que gasta 800 mil litros por dia, tenha um milhão de litros no depósito e uma reserva de 200 mil.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.