Primeiro-ministro saúda SIMM e Antram pelo fim da greve e início das negociações

| Economia

O primeiro-ministro, António Costa, saudou hoje o Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias e a Antram por este ter desconvocado a greve e, assim, iniciar as negociações com a associação patronal.

"Saúdo o SIMM (Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias) e a Antram (Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias) que conseguiram alcançar o que todos ambicionamos: o fim da greve e o início das negociações entre as partes. O diálogo faz o seu caminho, devolvendo tranquilidade aos portugueses", escreveu António Costa na sua página da rede social Twitter.

"Que mais este exemplo inspire todos. Que ninguém fique isolado numa greve estéril que compromete o diálogo", acrescentou o governante, numa referencia ao acordo alcançado na quarta-feira entre a Antram e a Fertrans (Federação de transportes afeta à CGTP)

O SIMM anunciou hoje que vai desconvocar a greve que iniciou segunda-feira por tempo indeterminado.

"A greve vai ser desconvocada da parte do SIMM", anunciou o porta-voz do sindicato, Anacleto Rodrigues, no final de uma reunião no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa.

"Chegámos à conclusão de que esta greve não surtiu os efeitos que desejávamos", justificou o sindicalista.

O SIMM é um dos sindicatos que convocou a greve que decorre desde segunda-feira por tempo indeterminado. Já o Sindicato Nacional de Mercadorias de Matérias Perigosas (SNMMP) mantém a paralisação.

Tópicos:

CGTP, Mercadorias, Motoristas, SIMM, Transportadores Rodoviários,

A informação mais vista

+ Em Foco

Meio século depois, o Parlamento soviético dos finais da Guerra Fria repudiou o Pacto. Decorridos mais 30 anos, Putin quer reabilitá-lo.

    A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.