Região de Leiria com orçamento de 12 milhões de euros para 2023

por Lusa

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) aprovou o orçamento para 2023, de 12 milhões de euros, o maior de sempre, contemplando a primeira brigada intermunicipal de sapadores florestais e a substituição de 60 mil luminárias.

"No documento previsional aprovado pelo Conselho Intermunicipal da CIMRL, confirma-se um crescimento orçamental de 5,6 milhões de euros e será o maior orçamento de sempre e que corresponde à dinâmica de execução de projetos aprovados pelo Plano de Recuperação e Resiliência e previstos no âmbito da capacidade que a entidade tem tido para captar fundos comunitários e novas oportunidades de financiamento", revelou aquela estrutura.

Através de uma nota de imprensa, a Região de Leiria destacou a execução, no próximo ano, do programa "RecolhaBio -- Apoio à implementação de recolha seletiva de biorresíduos", avaliado em mais de 500 mil euros e que tem o apoio do Fundo Ambiental, e a participação da comunidade em projetos coletivos, como a execução do Pacto de Inovação "Embalagem do Futuro", que mobiliza investimentos privados e públicos superiores a 100 milhões de euros.

A Comunidade Intermunicipal vai também avançar com novos projetos nos domínios da proteção civil e floresta, "através da criação da primeira brigada intermunicipal de sapadores florestais", enquanto nas áreas do ambiente e energia contam-se projetos "ao nível da mobilidade sustentável (autocarros a hidrogénio verde) e a concretização da substituição integral das mais de 60 mil luminárias de iluminação pública para a tecnologia LED". Neste último, trata-se de "um investimento global de cerca de oito milhões de euros e que irá gerar poupanças na ordem de 70% na fatura energética dos municípios".

Em 2023, a Comunidade Intermunicipal quer, igualmente, aumentar o trabalho em rede nas áreas da cultura e educação, "com o reforço do investimento na Rede Cultura 2027 que integra 26 municípios da Região Centro, e em programas de melhoria do sucesso educativo dos alunos, com investimentos superiores a 4,5 milhões de euros".

Entre as prioridades para o próximo ano está, também, "a monitorização e acompanhamento da nova concessão do serviço de transportes públicos e aplicação dos programas de apoio".

A CIMRL acrescentou ter identificado "investimentos no valor de 190 milhões euros a realizar nos próximos anos no âmbito do Portugal 2030".

As Grandes Opções do Plano e o orçamento da Comunidade Intermunicipal da CIMRL para 2023 foram aprovados, por unanimidade, no dia 29 de novembro, pelo Conselho Intermunicipal, sendo o documento apreciado pela Assembleia Intermunicipal na segunda-feira.

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria integra os municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

O Plano de Recuperação e Resiliência de Portugal, a designada "bazuca", tem o valor de 16,6 mil milhões de euros - 13,9 mil milhões de euros em subvenções e 2,7 mil milhões de euros em empréstimos.

pub