Sindicato dos motoristas apela a mobilização solidária

por RTP

Em declarações à RTP a partir de Aveiras de Cima, o presidente do Sindicato de Motoristas de Matérias Perigosas, Francisco São Bento, deixou um apelo a outros sindicatos e comissões de trabalhadores, que têm demonstrado solidariedade com esta greve, para que se juntem ao protesto dos motoristas.

"Que se juntem aos trabalhadores" para "mostrar o descontentamento com o ataque direto à greve", apelou o responsável.

Francisco São Bento adiantou ainda que a decisão de não cumprir os serviços mínimos foi dos motoristas, mas que o sindicato apoia os trabalhadores nessa decisão.

O responsável sindical adianta que os trabalhadores estão a demonstrar "solidariedade" para com os colegas "que possivelmente estão prestes a ser detidos", numa referência às declarações de ontem do ministro do Ambiente.

"Se o ministro quer prender quatro trabalhadores não vai poder levar apenas quatro trabalhadores. Vai ter de prender a totalidade dos trabalhadores em greve", adiantou.

Critica ainda a ANTRAM, por não mostrar abertura para as negociações e por estar a "atropelar as leis".