Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil apresenta providência cautelar e quer da TAP mais informação sobre despedimentos

por Antena 1

RTP

Com a intenção da TAP em despedir 500 pilotos da empresa., o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil apresentou uma providência cautelar para ter acesso a mais informação considerada relevante.

O sindicato não quer que o plano de reestruturação da companhia aérea "descole" sem o conhecimento detalhado por parte dos trabalhadores.

A acção enviada para o Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa exige que a TAP apresente fundamentos concretos.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil recorre à justiça, no âmbito do plano de reestruturação da TAP, que terá de ser apresentado, em breve, pelo Governo português em Bruxelas.

E para que os números dos despedimentos na transportadora tenham um rosto os trabalhadores da TAP convocaram uma manifestação para amanhã, em frente à Assembleia da República.

Trata-se de um movimento apresentado como espontâneo, sem ligação a estruturas sindicais.

O protesto está marcado para o meio-dia, e está a ser dinamizado através das redes sociais.

Jornalista Alexandre David.
pub