Sindicato reivindica profissão de desgaste rápido para carteiros e entrega petição na AR

| Economia

Lisboa, 11 jun 2019 (Lisboa) - O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTCT) vai entregar uma petição na quarta-feira na Assembleia da República que reivindica a profissão de desgaste rápido para os carteiros.

Em declarações à Agência Lusa, o secretário-geral do SNTCT, Vítor Narciso, esclareceu que esta petição conta com 5.200 assinaturas e que a ideia inicial era entregá-la mais tarde, porém, dada a "urgência" da matéria, o sindicato decidiu entregá-la na Assembleia da República já esta quarta-feira às 13:30.

"É de facto uma profissão com muita penosidade associada", defendeu Vítor Narciso, apontando o "grande grau de sinistralidade" a que os carteiros estão sujeitos, o tempo passado a andar a pé e as doenças que poderão ser consideradas profissionais como algumas das razões para esta exigência.

Tópicos:

Correios,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.