Suíça desbloqueou 60 milhões de dólares bloqueados ao Fundo Soberano de Angola

| Economia

As autoridades suíças desbloquearam 60 milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola (FSDEA), de um montante total de 210 milhões de dólares bloqueados desde abril por suspeitas de lavagem de dinheiro, anunciou hoje a Procuradoria-Geral da Suíça.

A informação consta de um comunicado disponibilizado à Lusa por aquele órgão, a propósito das investigações em curso no país e após reunião realizada na quinta-feira, em Berna, entre o procurador-geral da República de Angola, general Hélder Pitta Gróz, e o homólogo suíço, Michael Lauber.

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.