Turismo responsável por 7% do valor gerado pela economia em 2016

| Economia

O Turismo gerou mais de 11 mil milhões de euros em Valor Acrescentado Bruto (VAB), o equivalente a 7,1% do VAB da economia nacional, mais 9,9% face a 2015, segundo a conta satélite do setor, do INE.

"Hoje é um dia marcante", afirmou a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, na apresentação dos resultados da Conta Satélite do Turismo, reativada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), retomada em 2015 e cujos últimos resultados remontavam a 2010.

A conta confirma também que os gastos com turistas estão a aumentar, com um consumo de 23 mil milhões de euros em 2016, representando mais de 12% do Produto Interno Bruto (PIB) de Portugal e traduzindo um aumento homólogo de 5,8%.

"Os resultados demonstram a importância do turismo na economia", afirmou a Ana Mendes Godinho, acrescentando que os resultados são "fantásticos" para Portugal.

Quanto ao peso do consumo dos turistas sobre o Produto Interno Bruto (PIB), Portugal só é ultrapassado por Malta, onde o consumo de turistas é de 17,4% do PIB.

O INE faz ainda um retrato laboral do setor, mas com dados até 2015, concluindo que o turismo emprega quase 400 mil portugueses, ou cerca de 9% do total do país, o que traduz um aumento de 4,2%.

A conta satélite avalia ainda o peso do turismo na economia em termos comparativos no espaço europeu, embora sem a totalidade dos dados atualizados, concluindo que apenas a economia espanhola depende mais do turismo, do que a portuguesa, e que o VAB do setor na Dinamarca é de apenas 1,5% do total.

A secretária de Estado do Turismo enalteceu a importância da retoma da conta satélite: "10 anos volvidos, temos fontes de informação fundamentais para a atividade turística", disse, frisando que permitem obter um "retrato abrangente" do setor.

A governante defendeu que a conta satélite "mostra a importância" de burocratizar a informação para se obterem indicadores para monitorizar a estratégia definida para o turismo.

"Estamos a criar formas para todos terem acesso a informação, para fazermos o melhor pelo nosso país", concluiu.

Tópicos:

PIB,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    As sondagens para as presidenciais brasileiras colocam em segundo lugar um deputado federal defensor da ditadura que governou o país durante 20 anos e que é acusado de homofobia.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.