UE. Há mais mulheres do que homens em teletrabalho nesta altura de pandemia

por RTP

A conclusão consta de um estudo do Instituto Europeu para a Igualdade de Género. Do total de casos analisados, 45% são mulheres e 30% homens. O estudo visa ainda analisar o impacto da Covid tendo em conta o género. Na primeira vaga da pandemia, as mulheres foram mais afetadas, essencialmente as mais jovens.

pub