FENPROF acusa Governo de cobardia por ameaças anónimas

por Antena 1

Lusa

A FENPROF acusa o Governo de António Costa de estar a ser cobarde por realizar ameaças veladas aos professores através de anonimato.

O secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, diz que o Executivo governativo vai ser obrigado a ouvir novamente os argumentos dos professores.

Mário Nogueira alerta para a incoerência do Partido Socialista e refere que a contagem do tempo total de serviço já foi aprovada pelo partido na Madeira e nos Açores, mas no Continente a conversa é outra.