Entrevista a Pedro Proença

| Entrevistas
Entrevista a Pedro Proença

Foto: Sérgio Azenha/Lusa

No dia em que se realizam, no Porto, os sorteios das competições profissionais de futebol, Pedro Proença, o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, fala na Antena 1 sobre o atual momento no futebol português.

O antigo árbitro internacional promete aos adeptos que os jogos à segunda-feira vão passar a ser uma exceção e não a regra e espera que o Governo baixe a taxa do IVA dos atuais 23% para os 6% já a partir de 2020 para assim se conseguir baixar o preço dos bilhetes.

Sobre o campeonato da liga 2019/2020, Pedro Proença espera que seja tão competitivo e frenético como o da última temporada.

Reeleito no mês passado, Pedro Proença confia no atual quadro de árbitros e elementos dos Conselhos de Disciplina e Justiça, pede aos clubes que reduzam os conflitos no espaço público e pede celeridade à justiça no julgamento dos casos que envolvem o futebol.

Já quanto à centralização dos diretos de transmissão do campeonato português, o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional diz que isso só poderá acontecer lá para temporada 2026/2027 quando terminarem os atuais contratos entre as SAD's e os operadores televisivos. É numa entrevista, conduzida pelo jornalista Paulo Sérgio, para ouvir agora.

Pode ver aqui na íntegra a entrevista de Paulo Sérgio a Pedro Proença:




A informação mais vista

+ Em Foco

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    O programa Artemis, da NASA, tem como objetivo regressar ao satélite natural da Terra e, simultaneamente, preparar a viagem a Marte.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.