Nós lá fora

| Entrevistas
Nós lá fora

Foto: FPF

André Ribeiro é o único jogador a atuar no estrangeiro convocado para o mundial de sub-20. Joga no Zurique na Suíça.

A seleção portuguesa concentra-se esta segunda-feira na Cidade do Futebol e parte terça-feira para Osaca no Japão, onde vai realizar um estágio antes da competição na Coreia do Sul.

Filho de emigrantes portugueses, André Ribeiro nasceu em terras helvéticas.

Iniciou-se no futebol no Étoile Carouge. Aos 15 anos mereceu a atenção do Zurique, mudou de cidade e de língua, em Genéve fala-se francês, na cidade mais populosa da Suíça fala-se alemão.

No primeiro ano ficou na Academia do Zurique, atualmente vive na casa de uma família portuguesa.

Em Dezembro de 2014 concretizou um dos sonhos, o Pai recebeu um telefonema da Federação Portuguesa de Futebol, era a convocatória para a seleção de sub-18.

Seguiu o coração e escolheu Portugal em detrimento do convite da seleção suíça.

Hoje conta dezassete internacionalizações.

Assume outro sonho, jogar na liga portuguesa.

Esteve uma semana a treinar no Seixal na equipa +B+ do Benfica, o futuro ficou a aguardar o final do contrato com o Zurique que termina este ano.

Enquanto não define o seu futuro, André Ribeiro, que joga em todas as posições do ataque, pensa no mundial de sub-20.

Zâmbia, Irão e Costa Rica são os adversários da seleção portuguesa na primeira fase da competição.

A prova realiza-se na Coreia do Sul, entre os dias 20 de Maio e 11 de Junho.

A seleção portuguesa de sub-20 concentra-se segunda-feira, parte dia nove para Osaka, no Japão, onde vai realizar um estágio, dia 16 viaja para a Coreia do Sul, dia 21 estreia-se frente à Zâmbia.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um mês depois dos incêndios, ainda há raízes em combustão sob a terra no concelho de Pedrógão Grande. Reunimos aqui um conjunto de vídeos em 360 graus captados no local.

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Nos últimos dois anos a RTP ouviu três vozes com diferentes perspetivas do conflito israelo-palestiniano: Miko Peled, Shahd Whadi e Tamir Ginz.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.