Marcelo vê abstenção como "grave sintoma" do estado da democracia

| Eleições Europeias 2019
Marcelo vê abstenção como grave sintoma do estado da democracia

Foto: Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa não escondeu a preocupação com os níveis da abstenção durante a manhã de domingo, quando foi votar, em Celorico de Basto.

Marcelo Rebelo de Sousa, questionado pela jornalista da Antena1, Ana Gonçalves, considerou a abstenção um grave sintoma do estado da democracia e fez um derradeiro apelo ao voto.

Até ao meio dia votaram apenas 11,56% dos eleitores inscritos para estas eleições europeias. São dados da secretaria-geral do Ministério da Administração Interna.

 
Este é um valor ainda mais baixo do que nas últimas eleições há cinco anos. Em 2014, a participação dos eleitores durante o período da manhã foi de 12,14%.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Orlando, Donald Trump apresentou-se como vítima do jornalismo “fake” e insistiu no ataque à imigração ilegal.

Ján Kuciak e Martina Kusnírová foram encontrados mortos em casa, perto de Bratislava, a 26 de fevereiro de 2018.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.