Liga Europa. FC Porto vence Feyenoord e está na próxima fase da prova

por Inês Geraldo - RTP
Sérgio Conceição festeja vitória do FC Porto Reuters

Uma primeira parte infernal, com cinco golos. O FC Porto venceu esta quinta-feira o Feyenoord por 3-2 e carimbou a passagem aos 16 avos de final da Liga Europa. Assim, são quatro as equipas portuguesas na próxima fase da prova.

Jogo de loucos no Estádio do Dragão, com o FC Porto a entrar forte na partida e com Luís Díaz a obrigar Marsman, logo aos seis minutos a uma grande defesa. Seguiu-se Berghuis, de livre direto, que rematou de forte para defesa de Marchesín.

Aos 14 minutos, golo do FC Porto. Alex Telles é solicitado por Marega pelo corredor esquerdo, o jogador brasileiro cruza para a área holandesa e Luís Díaz remate para o primeiro da noite. Marsman ficou mal na fotografia ao fazer uma defesa incompleta que acabou por ir parar ao fundo das redes do Feyenoord.

Não tardou até os adeptos portistas voltarem a fazer a festa. Um minuto depois, Soares, pelo lado esquerdo do ataque, entra na área, trabalha bem e cruza. Sem uma direção definida para um colega de equipa foi Malacia, lateral do Feyenoord que colocou o esférico na própria baliza.

Sem deixar margem para respirar, a equipa de Dick Advocaat respondeu também com golos. Canto para os holandeses, passividade da defesa do FC Porto e Eric Botteghin cabeceou para reduzir. Três minutos depois, Malacia, do lado esquerdo do ataque do Feyenoord e Larsson antecipou-se à defesa portista rematando para o empate. Marchesín ficou pregado ao chão sem reação.

Dois minutos depois, o Dragão ficou a reclamar grande penalidade. Jogada confusa na área do Feyenoord com Marsman a voltar a fazer uma defesa incompleta e com Sinisterra a cortar a bola com o braço, já no chão, depois de uma queda. Denis Aytekin mandou seguir a partida.

Aos 33 minutos, quinto golo da partida. Grande jogada do FC Porto pelo corredor direito, cruzamento atrasado, remate de Otávio, defesa incompleta de Marsman (novamente) e na confusão da pequena área, Soares coloca a bola na baliza. Botteghin ficou a reclamar falta do avançado portista.

Soares que esteve perto de bisar, com um cabeceamento que passou a rasar a trave da baliza do Feyenoord.

Na segunda metade o FC Porto entrou melhor e Luís Díaz esteve perto de bisar com um remate em arco que saiu ao lado. O Feyenoord foi tentando o empate com Berghuis a rematar por cima e com Narsingh, sozinho na área portista a ver Marchesín a fazer uma grande mancha. Antes, Corona ainda cortou contra o poste da própria baliza mas o triunfo do FC Porto confirmou-se.

Com este resultado, FC Porto acompanha Sporting de Braga, Sporting CP e Benfica para os 16 avos de final da Liga Europa, tendo ficado em primeiro lugar no Grupo G, depois do empate do Rangers frente ao Young Boys.
Tópicos
pub