"Fugiu da Síria porque tinha medo da guerra", diz Ayman Alawn

por Sandra Henriques

Foto: Yannis Behrakis - Reuters

Ayman Alawn estuda Gestão em Lisboa há um ano e meio, graças à plataforma impulsionada pelo ex-Presidente da República Jorge Sampaio, e conta a história de como o irmão de 22 anos chegou à Europa.

O jovem sírio contou à repórter Sandra Henriques as razões que levaram o irmão de 22 anos a arriscar a vida num barco de borracha.

“A guerra fez com que ele tenha saído da Síria onde era estudante de farmácia”.

Ayman Alawn conta que o irmão lhe disse que a viagem foi muito cansativa, começou a pé, esteve dois anos na Turquia mas agora está a salvo.

Ayman foi um dos jovens sírios que estiveram no domingo, 27, à tarde na recepção às quatro dezenas de compatriotas que vieram estudar para Portugal ao abrigo dos acordos das universidades e politécnicos portugueses de norte a sul do país com a Plataforma Global de Apoio Académico aos Estudantes Sírios.

São já 103 os jovens que Jorge Sampaio trouxe para Portugal.
pub