Portugal faz pleno no Grupo B de qualificação para o Mundial de futebol de praia

| Futebol de praia

Legenda da Imagem
|

A seleção portuguesa de futebol de praia venceu esta segunda-feira por 3-1 a França e assegurou o primeiro lugar do Grupo B da qualificação europeia para o Mundial2019, em Moscovo, na Rússia.

Os franceses inauguraram o marcador, por intermédio de Angeletti, mas Belchior empatou a partida ainda no primeiro período, antes de Madjer operar a reviravolta na segunda parte.

No terceiro e último período, o guarda-redes Elinton Andrade dilatou a vantagem e confirmou o pleno de vitórias no Grupo B, no qual Portugal terminou com nove pontos, mais três do que a França. A Moldávia somou dois e a Noruega nenhum.

Na próxima ronda, a equipa comandada por Mário Narciso vai defrontar a Lituânia, num `play-off` agendado para terça-feira, a partir das 15h30 (hora de Lisboa).

Caso vença os lituanos, Portugal garantirá presença na segunda fase de qualificação europeia, ficando sorteado no Grupo 1, juntamente com os vencedores dos jogos Polónia-Alemanha, Itália-Cazaquistão e França-Bielorrússia.

Os dois primeiros classificados de cada grupo qualificam-se diretamente para o Mundial, enquanto os terceiros colocados vão disputar um `play-off` para definir a quinta vaga.

A fase final do Mundial2019 realiza-se no Paraguai, entre 21 de novembro e 01 de dezembro.

Tópicos:

Lituânia, Paraguai, Angeletti,

Pesquise por: Lituânia, Paraguai, Angeletti,

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.