AC Milan humilhado e goleado pela Lazio

por Mário Aleixo - RTP
Os jogadores da Lazio festejam a marcação de mais um golo D.R.

O AC Milan saiu de Roma humilhado, ao ser goleado pela Lazio, por 4-0, na 19.ª jornada da I Liga italiana de futebol, confirmando o mau momento que atravessa ao somar o quinto jogo consecutivo sem vencer.

Os campeões de Itália voltaram a sofrer uma derrota pesada, depois de terem perdido a final da Supertaça frente ao rival Inter, por 3-0, somando duas goleadas que deixam mossa, mas a equipa já vinha dando sinais de quebra nas últimas semanas.

Com efeito, a juntar às duas derrotas citadas, o AC Milan empatou em Lecce a dois golos, para a Serie A, perdeu com o Torino para a Taça de Itália, por 1-0, e empatou na receção à Roma, de José Mourinho, a dois golos, para o campeonato.

A Lazio entrou praticamente a ganhar, ao adiantar-se no marcador aos quatro minutos, pelo médio sérvio Sergej Milinkovic-Savic, após assistência de Mattia Zaccagni, que seria o autor do segundo golo ao minuto 38, com um remate rasteiro que bateu o guarda-redes Tatarusanu.

Os dois golos refletem a superioridade da Lazio, que nunca se sentiu verdadeiramente pressionada e que geriu a necessidade do AC Milan de marcar para reentrar na discussão da partida para marcar mais dois golos na segunda parte, aos 67 e 75 minutos, pelo médio espanhol Luis Alberto, na execução de um penálti, e pelo brasileiro Felipe Anderson, ex-FC Porto, respetivamente.

Do onze inicial do AC Milan fez parte o internacional português Rafael Leão, que fez uma exibição muito apagada e que revelou falta de compromisso em vários momentos, quando se exigia mais entrega ao jogo e espírito de sacrifício.

No banco da Lazio esteve o guarda-redes português Luís Maximiano, ex-jogador do Sporting e internacional sub-21, que não chegou a ser utilizado.

O Nápoles pôde assim conservar 12 pontos de avanço sobre o AC Milan na liderança do campeonato, e 13 sobre um trio formado pela Lazio, Inter e Roma, todos com 37 pontos, em terceiro, quarto e quinto lugares, respetivamente.
pub