Arsenal goleia Everton e deixa Koeman em "maus lençóis"

| Futebol Internacional

Alexis Sanchez marca
|

O Arsenal subiu ao quinto lugar do campeonato inglês de futebol após vencer por 5-2 no terreno do Everton, que vai terminar a nona jornada em zona de despromoção e com o técnico Ronald Koeman em ‘maus lençóis’.

Em Goodison Park, a equipa da casa até esteve a vencer com um golo de Wayne Rooney, aos 12 minutos, mas acabou por sofrer a quinta derrota nesta edição da Premier League.

O espanhol Monreal empatou a partida, aos 40 minutos, e o alemão Ozil consumou a reviravolta, aos 53.

Com o Everton reduzido a 10, por expulsão de Gueye, aos 68, seguiram-se golos do francês Lacazette, aos 74, do galês Ramsey, aos 90, e do chileno Alexis Sanchez, aos 90+5. O senegalês Niasse ainda reduziu, aos 90+3.

O Arsenal subiu ao quinto posto, em igualdade pontual com o Chelsea e a nove pontos do líder Manchester City, enquanto o Everton desceu ao 18.º e antepenúltimo lugar e está em zona de despromoção.

Este resultado promete complicar ainda mais a vida a Ronaldo Koeman, antigo técnico do Benfica, que antes deste desaire já estava a ser contestado no comando dos ‘toffees’.

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.