Cristiano Ronaldo marca no primeiro jogo pela Juventus

| Futebol Internacional

O capitão da seleção portuguesa abriu caminho à goleada por 5-0 da equipa de Massimiliano Allegri.
|

O internacional português Cristiano Ronaldo efetuou hoje o seu primeiro jogo com a camisola da Juventus, frente à equipa B do clube de Turim, e precisou de apenas sete minutos para marcar pelos heptacampeões italianos de futebol.

Num encontro disputado na localidade de Villar Perosa, que contou com uma assistência superior a cinco mil pessoas e cerca de 600 polícias, o capitão da seleção portuguesa abriu caminho à goleada por 5-0 da equipa de Massimiliano Allegri.

O golo surgiu na sequência de um remate colocado de pé direito, quando estava isolado perante o guardião adversário, depois de uma assistência de Bernardeschi. Ronaldo atuou como referência mais ofensiva da ‘Vecchia Signora’, beneficiando do apoio de Dybala, Bernardeschi e Douglas Costa.

Os restantes golos da ‘Juve’ foram apontados por Capellini (17 própria baliza), Dybala (30 e 40) e Marchisio (54), tendo o jogo terminado mais cedo, quando estavam cumpridos 72 minutos, devido à já tradicional invasão de campo no jogo de pré-época entre a equipa principal e a formação secundária da Juventus.

O arranque oficial da temporada para os ‘bianconeri’ está marcado para o próximo sábado (17:00), na visita ao terreno do Chievo, em jogo da primeira jornada da Série A italiana.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.

    Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

      É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

        Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.