FC Barcelona garante segundo lugar, Sevilha a Champions e Alavés desce de divisão

por Lusa
EPA

O FC Barcelona assegurou domingo o segundo lugar na Liga espanhola de futebol, ao empatar com o Getafe, o Sevilha garantiu a Liga dos Campeões, ao empatar com o Atlético de Madrid, e o Alavés desce de divisão.

Na 37.ª e penúltima jornada de La Liga, os quatro primeiros classificados da Liga espanhola de futebol, o já campeão Real Madrid, o FC Barcelona, o Atlético de Madrid e o Sevilha, empataram todos, mas estão seguros na próxima edição da 'Champions'.

Na visita ao Cádiz, o Real Madrid adiantou-se no marcador logo aos cinco minutos, por intermédio de Mariano Díaz, mas a formação da casa respondeu, aos 37, por Rubén Sobrino, e sacou um precioso ponto, mantendo vivas as chances de permanência na La Liga.

Após o empate 1-1, os 'merengues' somam agora 85 pontos, enquanto o Cádiz é antepenúltimo (18.º) com 36.

O FC Barcelona, confirmado como segundo classificado (73 pontos), empatou 0-0 na visita ao Getafe (14.º com 39), que contou com o internacional sub-21 português Florentino Luís, cedido pelo Benfica, em campo a partir dos 81 minutos, naquele que foi o quarto empate consecutivo da formação da província de Madrid.

O Atlético de Madrid (sem o lesionado João Félix) e o Sevilha, que ocupam o terceiro e quarto postos, com 68 e 67 pontos, respetivamente, empataram 1-1, com o empate (golos de José Gimenéz, para os 'colchoneros', aos 30, e de Nesiry, para os visitantes, aos 85), a servir para os andaluzes assegurarem a presença na Liga dos Campeões na próxima época.

O uruguaio Luiz Suaréz e o mexicano Héctor Herrera, que vão deixar o Atlético de Madrid no final da temporada, despediram-se do Wanda Metropolitano, sendo alvo de uma homenagem no fim do jogo.

O Bétis, de William Carvalho e Rui Silva, ambos titulares, bateu o Granada, de Luís Maximiliano e Domingos Duarte, também no 'onze', por 2-0, com dois golos de Juanmi.

O Bétis está na quinta posição com 64 pontos, e vai jogar na Liga Europa, enquanto o Granada é 16.º, com 37, apenas um ponto acima dos lugares de despromoção.

A Real Sociedad, sexta classificada, com 62 pontos, também está garantida na Liga Europa após um determinante confronto com o Villarreal (sétimo com 56), tendo arrancado a vitória fora de 'remontada', por 1-2, com golos de Isak (56) e Zubimendi (73), enquanto Coquelin marcou para os anfitriões (43).

Logo atrás vem o Athletic Bilbau, com 55 pontos, que ganhou ao Osasuna (nono com 47), graças aos golos de Berenguer e Villalibre, e ainda luta pela vaga da Liga Conferência, correspondente ao sétimo classificado em Espanha.

O Celta de Vigo (10.º com 46) venceu o Elche (15.º com 39), com um golo solitário de Denis Suaréz, e ultrapassou o Valência (11.º com 45), de Gonçalo Guedes e Thierry Correia, que empatou no sábado com o Espanyol (13.º com 41).

No meio está o Rayo Vallecano (12.º com 42), do luso Kevin Rodrigues (saltou do banco aos 75), que perdeu em casa com o Maiorca (1-2), permitindo aos insulares a saída da 'zona vermelha', com 36 pontos, e com a decisão sobre a terceira equipa que vai cair de divisão a ficar guardada para a última jornada.

O já despromovido Levante (19.º com 32), de Rúben Vezo, ganhou na receção ao agora lanterna-vermelha Alavés (20.º com 31), por 3-1, e os bascos perderam as hipóteses de permanecer entre a elite do futebol espanhol na próxima época.



pub