José Fonte decisivo na vitória do Lille, com um golo e uma assistência

| Futebol Internacional

O Lille venceu hoje na receção ao Nantes, de Miguel Cardoso, por 2-1, num jogo da sexta jornada da Liga francesa de futebol em que o central português José Fonte foi determinante, com um golo e uma assistência.

A equipa da casa, que está a fazer um início de campeonato surpreendente pela positiva, com três portugueses em campo e outro no banco, adiantou-se no marcador logo aos 10 minutos, por José Fonte, que saltou mais alto do que toda a gente e cabeceou vitoriosamente, após canto do brasleiro Thiago Mendes.

O Lille aumentou a vantagem aos 68 minutos, mais uma vez com a participação importante de José Fonte, a assistir de cabeça para o remate de fora da área do médio Ikono Nanitamo.

O Nantes ainda reduziu aos 82 minutos, pelo avançado maliano Kalifa Coulibaly, que o treinador luso Miguel Cardoso lançou aos 77, mas o Lille teve o jogo sempre sob controlo.

Jogaram pelo Lille, além de José Fonte, o seu irmão Rui Fonte, ponta de lança que seria substituído aos 71 minutos pelo brasileiro Luiz Araújo, e o médio Xeka. Outro português, o central Edgar Ié, não chegou a sair do banco.

Com esta vitória, o Lille reforçou o segundo lugar, com 13 pontos, a dois do líder Paris Saint-Germain, que se desloca no domingo ao terreno do Rennes, e mais três do que o Marselha, terceiro classificado, com 10 pontos, e que tem uma difícil missão na visita a Lyon.

O Nantes segue no 17.º posto, o primeiro acima da 'linha de água', com cinco pontos.


A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

      Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

        Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.