Lecce despromovido no `fecho` do campeonato italiano

por Lusa

O campeonato italiano de futebol, que a Juventus de Cristiano Ronaldo conquistou pela nona vez consecutiva, encerrou hoje as contas da época 2019/20 com o Lecce a acompanhar o Brescia e a SPAL na descida à Série B.

O Lecce, que manteve viva a hipótese de manutenção até à última jornada, à distancia de uma vitória e da derrota do Génova, perdeu em casa por 4-3 com o Parma do português Bruno Alves, que ao intervalo foi substituído pelo albanês Kastriot Dermaku.

O Parma esteve a vencer por 2-0, com um autogolo de Fabio Lucioni, aos 11 minutos, e um golo de Gianluca Caprani, aos 24, mas o Lecce empatou a 2-2 ainda antes do intervalo pelo checo Antonin Barak, aos 40, e Biagio Meccariello, aos 45.

Na segunda parte, e numa altura em que o Génova consolidava a permanência com um triunfo por 3-0, o Parma marcou mais dois golos pelo dinamarquês Andreas Cornelius, aos 52 minutos, e Roberto Ingleses, aos 66, enquanto o Lecce reduziu por Gianluca Lapadula, aos 68.

O Génova necessitava de um triunfo sobre o Verona, do português Miguel Veloso, para conseguir a manutenção sem depender de ninguém e foi o que conseguiu ainda antes do intervalo, com dois golos do paraguaio Arnaldo Sanabria, aos 13 e 25 minutos, e do argentino Cristian Romero, aos 44.

O emblema genovês encerrou o campeonato na 17.ª posição, com 39 pontos – no primeiro posto acima da linha de despromoção -, enquanto o Verona terminou no nono lugar, com 49, a dois pontos do Sassuolo (oitavo), que perdeu por 1-0 em casa com a Udinese.

A Fiorentina venceu por 3-1 em casa da SPAL, com golos do ganês Alfred Duncan, aos 20 minutos, do costa-marfinense Christian Kouamé, aos 89, e do chileno Erick Pulgar, aos 90+4, de grande penalidade. A SPAL marcou por D’Alessandro, aos 39 minutos.

Já há várias jornadas virtualmente despromovida, a SPAL terminou o campeonato na 20.ª e última posição, com 20 pontos, referentes a cinco vitórias, cinco empates e 28 derrotas, e apenas 27 golos marcados, sendo a equipa menos concretizadora.

Com os três pontos conquistados, a Fiorentina terminou o campeonato no ‘miolo’ da tabela classificativa, na 10.ª posição, com os mesmos 49 pontos do Verona (nono), do português Miguel Veloso, e do Parma (11.º), do compatriota Bruno Alves.
pub