Leonardo Jardim diz que Mónaco vai defrontar uma das melhores defesas da Europa

| Futebol Internacional

|

O treinador do Mónaco, o português Leonardo Jardim, disse hoje que a Juventus, adversária nas meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, "é uma das melhores equipas da Europa no plano defensivo".

"Será um enorme adversário, como o [Borussia] Dortmund ou o [Manchester] City. A diferença é que é uma das melhores equipas da Europa no plano defensivo", elogiou o técnico português.

O sorteio de hoje, em Nyon, Suíça, juntou monegascos a italianos nas meias-finais da 'Champions', com o primeiro jogo marcado para Monte Carlo, a 02 de maio. A segunda mão disputa-se na semana seguinte, a 09, em Turim.

"[A Juventus] Tem muita experiência a este nível. Tem também a vantagem de ter praticamente conquistado o campeonato, o que lhe permite concentrar-se a fundo na Liga dos Campeões", admitiu Leonardo Jardim.

Em 2015, as duas equipas cruzaram-se nos quartos de final da mesma competição. Na altura, bastou à 'Juve' vencer em casa, por 1-0, já que o segundo encontro, em Monte Carlo, terminou em 'branco'.

"Foi uma eliminatória muito equilibrada. Fomos eliminados por um golo de diferença. Depois de termos sido afastados nos quartos de final, esperamos agora inverter esse cenário. Com 1-0 para nós, seria perfeito", disse o técnico, entre risos.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.