Leonardo Jardim diz que Mónaco vai defrontar uma das melhores defesas da Europa

| Futebol Internacional

|

O treinador do Mónaco, o português Leonardo Jardim, disse hoje que a Juventus, adversária nas meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, "é uma das melhores equipas da Europa no plano defensivo".

"Será um enorme adversário, como o [Borussia] Dortmund ou o [Manchester] City. A diferença é que é uma das melhores equipas da Europa no plano defensivo", elogiou o técnico português.

O sorteio de hoje, em Nyon, Suíça, juntou monegascos a italianos nas meias-finais da 'Champions', com o primeiro jogo marcado para Monte Carlo, a 02 de maio. A segunda mão disputa-se na semana seguinte, a 09, em Turim.

"[A Juventus] Tem muita experiência a este nível. Tem também a vantagem de ter praticamente conquistado o campeonato, o que lhe permite concentrar-se a fundo na Liga dos Campeões", admitiu Leonardo Jardim.

Em 2015, as duas equipas cruzaram-se nos quartos de final da mesma competição. Na altura, bastou à 'Juve' vencer em casa, por 1-0, já que o segundo encontro, em Monte Carlo, terminou em 'branco'.

"Foi uma eliminatória muito equilibrada. Fomos eliminados por um golo de diferença. Depois de termos sido afastados nos quartos de final, esperamos agora inverter esse cenário. Com 1-0 para nós, seria perfeito", disse o técnico, entre risos.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Hotéis de luxo e restaurantes de autor crescem ao lado de quem vive sem água ou luz. A Comporta tem um novo proprietário que quer transformar aquela zona num local para estrangeiros ricos.

    O Parque das Nações vai receber as duas semifinais e a final nos dias 8, 10 e 12 de maio do próximo ano. Já o festival português vai decorrer no Pavilhão Multiusos de Guimarães, em março.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.