Pai de Emiliano Sala "desesperado" com desaparecimento enquanto prosseguem as buscas

| Futebol Internacional

Legenda da Imagem
|

O pai do futebolista argentino Emiliano Sala, um dos ocupantes do avião privado que desapareceu dos radares quando sobrevoava o Canal da Mancha, disse hoje estar "desesperado" com a situação.

"É desesperante, não posso acreditar", referiu Horacio Sala, em declarações à rádio Latina, em Rosario, na Argentina, contando que o filho estava muito esperançoso com a possibilidade de jogar na Liga inglesa.

O avançado, de 28 anos, foi oficializado como jogador do Cardiff, numa transferência a rondar os 19 milhões de euros e tinha regressado a Nantes para se despedir dos companheiros do clube em que esteve nas últimas três épocas e meia.

A polícia francesa confirmou que o jogador era um dos dois passageiros do avião que desapareceu na segunda-feira dos radares quando sobrevoava o Canal da Mancha, situação que Horacio Sala soube pela imprensa.

O principal responsável pelas buscas no Canal da Mancha, John Fitzgerald, disse que não espera encontrar sobreviventes na operação que se encontra a decorrer para localizar o avião e ocupantes, explicando à agência Associated Press que ainda não existem dados que expliquem o desaparecimento da avioneta Piper PA-46.

"Simplesmente desapareceu. Não existiu comunicação por rádio", disse.

A polícia de Guernsey, ilha situada em frente à Costa da Normandia, perto de onde se pensa que poderá ter desaparecido o avião, revelou que neste momento estão envolvidos nas buscas dois aviões, dois helicópteros e um barco.

Até ao momento não há qualquer pista e as condições de buscas na última noite foram muito complicadas, com ondas de dois metros, chuva e pouca visibilidade, situação que melhorou ao amanhecer, mas que se prevê que volte a piorar ao longo do dia.

Na sua carreira, Emiliano Sala passou pelos portugueses do FC Crato, dos campeonatos distritais, antes de seguir para França, onde representou o Bordéus, o Orléans, Chamois Niortais, Caen e Nantes.

A informação mais vista

+ Em Foco

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Mação, que ardeu no mês passado, era apontado como o concelho modelo na prevenção de incêndios. Nada impediu que o fogo voltasse.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.