Portugal defronta China em vez da Coreia do Sul na Algarve Cup

| Futebol Internacional

|

A seleção da China vai substituir a Coreia do Sul no Grupo 1 da 24.ª edição da Algarve Cup, que integra a seleção portuguesa de futebol feminino.

Em comunicado, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deu conta do novo alinhamento do torneio, que vai ser disputado entre 28 de fevereiro e 7 de março de 2018, com a passagem da China para o agrupamento 1 e da Coreia do Sul para o 2.

A equipa das ‘quinas’, 38.ª do ‘ranking’ da FIFA, vai deparar-se com seleções mais bem colocadas na hierarquia, casos da Austrália, quarta, da Noruega, 14.ª, e China, 16.ª.

Desta forma, Austrália, China e Coreia do Sul evitam defrontar-se na primeira fase da Algarve Cup, antes de três seleções integrarem o Grupo B da Taça Asiática de 2018, a disputar entre 06 e 20 de abril, na Jordânia.

Os restantes grupos são compostos por Holanda, atual campeã da Europa, Dinamarca, finalista vencida no campeonato europeu, Japão e Islândia, no agrupamento 3, enquanto o Grupo 2 conta com Canadá, Suécia, Coreia do Sul e Rússia.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.