Portugal defronta EUA a testar alternativas de futuro

| Futebol Internacional

A seleção preparou ao detalhe o jogo desta noite com os Estados Unidos
|

A seleção portuguesa de futebol volta esta terça-feira a ter novo teste na preparação para o Mundial2018, desta vez perante os Estados Unidos, naquela que poderá ser a última oportunidade de alguns jogadores para convencerem Fernando Santos.

O selecionador mostrou-se satisfeito após a vitória de sexta-feira perante a Arábia Saudita (3-0), em Viseu, num encontro que teve quatro estreias absolutas (Edgar Ié, Kevin Rodrigues, Bruno Fernandes e Bruma), um regresso (Manuel Fernandes) e alguns jogadores ainda a dar os primeiros passos na equipa principal, como Ricardo Pereira, Ruben Neves e Gonçalo Guedes.

A partir das 20h45, no Estádio Municipal de Leiria, perante os norte-americanos, estes jogadores deverão ter nova oportunidade para se mostrar a Fernando Santos, num jogo em que a lista de estreantes promete voltar a aumentar.

José Sá, que tirou ao espanhol Iker Casillas a titularidade na baliza do FC Porto, deverá alcançar a sua primeira internacionalização, assim como o defesa Ricardo Ferreira, do Sp. Braga, o médio Rony Lopes, do Mónaco, e o avançado Gonçalo Paciência.

Na conferência de imprensa de antevisão do jogo o selecionador Fernando Santos confirmou que não jogará a mesma equipa que defrontou os sauditas mas atuarão alguns dos habituais titulares para manter um "onze" de alta voltagem.



Sobre o adversário desta noite o técnico português reconheceu que se trata de uma equipa com um jogo objetivo, rápido e com boa qualidade técnica.



O duelo com o Estados Unidos vai ser o último da seleção nacional em 2017, numa fase em que já prepara a participação no Campeonato do Mundo da Rússia, prova que não vai contar com a presença dos norte-americanos, que falharam a qualificação, algo que já não sucedia desde o Mundial de 1986.

A receita do jogo, à semelhança do que aconteceu no Portugal-Arábia Saudita, vai reverter para as vítimas dos incêndios que, recentemente, atingiram o país.

O desafio terá arbitragem do inglês Anthony Taylor com transmissão televisiva na RTP 1 e relato na Antena 1.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.