Seleção portuguesa de futebol feminino perde particular frente ao Estados Unidos

| Futebol Internacional

Legenda da Imagem
|

A seleção portuguesa de futebol feminino perdeu hoje diante dos Estados Unidos 1-0, num encontro particular dominado pela atual campeã do mundo, que até poderia ter construído um resultado mais dilatado.

O único golo acabou por acontecer à passagem do minuto 42, através da ponta de lança Jessica Mcdonald, que confirmou assim uma marca histórica para o futebol feminino norte-americano, a vitória 500.

A esperada diferença de qualidade entre as duas equipas acabou por ser evidente desde os primeiros instantes, ainda que a seleção líder do 'ranking' FIFA não tenha criado tantas oportunidades como se esperaria, porém, sempre com o controlo do encontro.

Contudo, os Estados Unidos, sem duas das suas melhores jogadoras no 'onze´ inicial, Alex Morgan e Carli Lloyd, acabou por fazer o golo esperado, por intermédio da avançada Jessica Mcdonald, aos 42 minutos, depois de, minutos antes, ter desperdiçado outra chance clara.

Portugal, que sentiu diversas dificuldades para construir o seu jogo e aproximar-se da baliza contrária, teve nos pés de outra Jéssica (Mendes) uma boa ocasião, mas sem a mesma audácia e frieza à frente da baliza, permitindo a interceção na altura de finalizar.

O segundo tempo acabou por se manter na mesma toada, no entanto, com as norte-americanas a colocarem um ritmo mais elevado e a chegarem muitas vezes com perigo à baliza de Patrícia Morais, enquanto a equipa das 'quinas' esperava por um eventual deslize para contra-atacar, mas sem que o resultado se alterasse.

As 23 convocadas de Francisco Neto têm ainda mais dois embates de caráter particular, ambos com País de Gales, 29.º do 'ranking' da FIFA, no sábado, em Rio Maior, pelas 18:00, e na terça-feira, na Cova da Piedade, às 15:00.



Jogo realizado no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Portugal -- Estados Unidos, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadora:

0-1, Jessica Mcdonald, 42 minutos.



Equipas:

- Portugal: Patrícia Morais, Matilde Fidalgo, Sílvia Rebelo, Carole Costa, Mónica Mendes, Dolores Silva, Vanessa Marques, Tatiana Pinto (Fátima Pinto, 86), Carolina Mendes (Andreia Norton, 63), Diana Silva (Ana Leite, 86) e Jéssica Silva.

(Suplentes: Inês Pereira, Rute Costa, Diana Gomes, Andreia Norton, Vânia Duarte, Laura Luís, Ana Capeta, Ana Leite, Fátima Pinto, Ana Santos, Monique Gonçalves e Telma Encarnação).

Selecionador: Francisco Neto.

- Estados Unidos: Naeher, Emily Fox (Carli Lloyd, 63), Sauerbunn, Dunn, Dahlkemper, Sullivan (Colaprico, 46), Lavelle (Ertz, 82), Horan, Rapinoe, Pugh (Sonnett, 73) e Mcdonald (Alex Morgan, 46).

(Suplentes: Harris, Sonnett, Mewis, Ertz, Carli Lloyd, Alex Morgan e Colaprico).

Selecionadora: Jill Ellis.



Árbitra: Rebecca Welch (Inglaterra).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Dunn (69).

Assistência: cerca de 350 espetadores.

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da Câmara dos Comuns é, digamos assim, o equivalente ao presidente da Assembleia da República em Portugal.

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A entrevista ao ativista de Direitos Humanos para o programa Olhar o Mundo.